Domingo, 1 de Outubro de 2006

Chakras

Os chakras são centros energéticos e psíquicos dos corpos físico e subtil, que estão em constante actividade, embora sua presença nem sempre seja percebida conscientemente.
A palavra deriva do sânscrito e pode ser traduzida por roda, círculo ou movimento. É pelos chakras que transitam e se movem as energias subtis do corpo e actuam como centros de energia entre os corpos físico e astral.
Normalmente, os chakras são pequenos, não apresentando mais do que 5 cm de diâmetro. Com a prática de yoga, meditação e mantras, por exemplo, os chakras aumentam de tamanho e a sua luz expande-se.
Cada um tem uma cor, mantra e elemento que o estimula e o seu movimento é ininterrupto.
Os sete chakras principais estão associados ao sistema glandular do corpo físico. Além disso, os chakras também funcionam como centros de captação, contenção e distribuição de energia para todos os corpos.
É importante ressaltar que os chakras mais conhecidos e os mais importantes são os sete de que tratemos a seguir. Entretanto, sabemos que existem outros chakras espalhados pelo corpo.
Os sete principais estão dispostos verticalmente e localizam-se ao longo da coluna vertebral. Cada chakra tem funções específicas, mediante o recebimento de energias internas e externas e dividem-se em três grupos: Inferior, Médio e Superior: os inferiores, mais associados à matéria, são o Muladhara, o Swadhistana e o Manipura. O Médio, ou Intermediário é o Anahata, associado aos sentimentos. E os Superiores são o Vishuddha, o Ajña e o Sahashara, que estão associados ao mental e a iluminação. Os chakras nunca param de girar e em sua rotatividade obedecem ao sentido horário ou anti-horário, dependendo da qualidade energética de cada indivíduo. Quando em rotação horária, o movimento é destrógeno (destro), para direita e caracteriza-se por:
- Possuir força centrífuga (para fora).
- Ser menos suscetível a influências externas.
- Não carregar miasmas.
- Ser um polo irradiador (de dentro para fora).
- Produzir siddhis (intuição).
 
Quando em rotação anti-horária, o movimento é sinestrógeno (sinistro), para esquerda. Possui as seguintes características:
- Sua força é centrípeta (para dentro).
- Capta energia externa, mantendo o corpo aberto.
- Mediunidade e sensitividade.
- Sensibilidade ao ambiente.
- Aptidão para fazer diagnósticos precisos, se for bom médium.
- Poder de captação (carrega miasmas).
Quem perde muita energia, sobrevive da energia dos outros. Vampirismo.
 
Existem muitas práticas que fazem o chakra girar em sentido horário e anti-horário. Temos que tomar cuidado para não misturar essas práticas.
É importante fazer com que eles se movimentem cada vez mais depressa. Para que isso ocorra, são necessárias consciências e práticas que estimulam os chakras.
 
Método interno: despertar kundalini através de yoga, mantram ou maithuna (ato sexual sacralizado).
Método externo: - passe magnético, massagem, acupuntura, moxabustão, gemoterapia (pedras), cromoterapia (cores).
 
PS- O 6º Chakra pode ser mais estimulado que os demais pelo mantra om, pois possui uma força que estimula e atrai a subida da kundalini.
sinto-me:
publicado por Serenity às 14:49
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Janeiro 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. OPERAÇÃO MÁGICA PARA INVO...

. Homenagem

. HORÓSCOPO DUENDES

. HORÓSCOPO DAS FADAS

. HORÓSCOPO DA SEDUÇÃO

. INVOCAÇÃO DE PROTEÇÃO

. Aprendizado

. A Felicidade Programada

. O Aqui e o Agora

. Propriedades do repolho

.arquivos

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

blogs SAPO

.subscrever feeds